Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

A tremenda insatisfação de estar só.

images (2).jpg

No outro dia dei por mim a fazer contas.

Passaram dois anos desde o fim do que tive mais parecido com um namoro.

Dois anos.

De noites bem passadas, memoráveis e que, em alguns casos tive mesmo pena de não passarem daí.

De uma liberdade incrível mas ao mesmo tempo solitária.

De um ganhar de atitude que doutro modo não me teria sido possível.

Perdi muito do pudor, aceitei o meu corpo e hoje em dia não tenho medo de assumir que me amo, acima de tudo.

Mas...

Falta a intimidade que a amizade não permite por bom senso.

Falta aquela troca de olhares, o toque como quem não quer a coisa.

Falta a cumplicidade.

O companheirismo.

Poder dar aso a tanta ideia romântica que ando a remoer.

E o melhor é ser gostada, ver apreciadas pequenas coisas que as vezes até nem se gosta.

Sim, trata-se de uma escolha que fiz, e prezo a minha liberdade e muito.

Mas...também custa estar só.

A festa.

omg-desi-pakistani-fashion-3-via-brilliant-http-pa

Esperei por ti toda a noite.

Vagueei entre braços e abraços,ansiosa por a noite acabar e finalmente perder-me nos teus. 

Ser tua, não haver vestido a estorvar, não haver o perigo de alguém nos incomodar, não haver nada além de nós.

E tu, e as tuas mãos, nas minhas curvas, e eu a perder o juízo perdida em ti.

E toda a espera a ganhar razão de ser, o desejo guardado, o vestido amarrotado, rasga-o ou tira-o de vez!

Quero-te sentir.

Quero-te pelado, suado e a sorrir de matreiro. Quero o teu corpo por inteiro. 

Quero-te de qualquer maneira, onde der, como der, não importa.

Não importa o que tiver de esperar para te ter.

É a ti que quero, mas mais do que isso, é a ti que eu amo.

 

 

Acreditar.

Formas sublimes de ser ursa.

original.jpg

Tento não perder a magia no olhar. Tento não deixar de acreditar que hei-de conseguir, que a persistência vai dar resultados e que estou no bom caminho.Tento. Mais uma conversa, mais um olhar, um toque, charme á mistura e já penso em casamento.

No dia seguinte nem se lembra de mim.

 Precisei de seis anos para fazer as pazes com o meu corpo, ficar em paz com as curvas, não sentir repulsa por me sentir desejada. Agora até tenho vaidade nisso....

Taureava o desejo a solo, encarava-o como algo secreto. Ninguém podia saber que eu tinha vontades, fiz de tudo para que me vissem como assexuada, enjoada ou puritana. Perdi o medo e fui a jogo, perdi no final mas não me arrependi. Retornei. Mais um fiasco. Igualmente segura. E bem vistas as coisas, o sexo até valeu a pena.

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Em segredo

    27 Outubro, 2020

    Porquê... Porque é que a vida te leva para longe dos meus braços, a cada dia que amanhece? (...)

  • Atão, como é?

    16 Julho, 2020

    1_"sou homem peludo avantajado e procuro so rapariga de maior idade do alentejo para prazer (...)

  • Tu.

    14 Julho, 2020

    Deixas-me sem jeito. Tropeço nas palavras, nos meus próprios pés, na minha timidez. O (...)

  • E tu, e esse teu charme...

    15 Maio, 2020

    A facilidade com que me entrego a ti é irrisória. Não precisas de me tocar para te querer, (...)

  • Para o jeitoso do fim de semana passado, mais um q...

    12 Maio, 2020

    Passei boa parte da noite assim, a ver-te dormir, estudando-te os traços da fisionomia por (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub