Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Ancestrais

A estupidez do racismo em Portugal

4218fdfd62a8384c7df7b0832da73312.jpg

Tenho ascendência africana, pelo lado materno.

Não nasci com carapinha como a minha tia e primas mas gostava...

O meu cabelo é liso e chato. Herança do lado paterno.

Gosto de pensar que um familiar distante veio lá de Cabo Verde para esta pequena terra e ficou, gerou descendência e deixou a magia que faz daquele arquipélago um lugar tão único.

Numa altura em que o racismo sobe de tom, era bom recordar a essa gente que boa parte de nós é descendente dos escravos que os duros e puros portugueses foram buscar a África.

A raça mais forte disseminou-se. Ou achavam-se linhagem direta do bravo Viriato?

Pensem que até o nosso primeiro rei era filho de um cruzado da Borgonha!

França, oh lá lá!

A nossa terra sempre foi de muitos e sempre será. 

Tanto é português o cigano como o habitante da Cova da Moura.

O beto da Quinta da Marinha e o morcon do Porto.

O provinciano e o alentejano.

Pensem que Portugal é um país pequeno mas com tanta diversidade..

O verdadeiro patriotismo devia começar por aí: orgulho da mescla.

Orgulho em ter diferentes ascendências..

Orgulho da mistura.

E eu só lamento não ter carapinha....

Mas gosto tanto de mornas...

 

 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Mary 01.11.2020

    é triste não haver orgulho da nossa diversidade cultural.
    Beijinho, obrigada e igualmente :)
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mais visitados

    • Em segredo

      27 Outubro, 2020

      Porquê... Porque é que a vida te leva para longe dos meus braços, a cada dia que amanhece? (...)

    • Cenas de gaja

      24 Julho, 2020

      Reclamamos quando estamos sozinhas mas quando aparece algum pretendente pomos mil e um (...)

    • Tu.

      14 Julho, 2020

      Deixas-me sem jeito. Tropeço nas palavras, nos meus próprios pés, na minha timidez. O (...)

    • E tu, e esse teu charme...

      15 Maio, 2020

      A facilidade com que me entrego a ti é irrisória. Não precisas de me tocar para te querer, (...)

    • Para o jeitoso do fim de semana passado, mais um q...

      12 Maio, 2020

      Passei boa parte da noite assim, a ver-te dormir, estudando-te os traços da fisionomia por (...)

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub