Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Á lareira

tumblr_5a62a5d88c483bbfb164ce012392a681_9916018b_6

Cresci na aldeia e não me imagino numa casa sem lareira.

A felicidade que me dá ver o lume, mexer o borralho, dar uma ajeitada aos paus...

Priceless.

A lareira cá de casa não é funcional por isso optei por uma salamandra.

O aquecedor é prático mas ao mesmo tempo frio...

E só o cheiro da lenha a crepitar parece que torna a casa mais acolhedora, aquece a alma e o ambiente, não sei explicar..

Dia de chuva lá fora, arroz-doce a fazer ao fogão.

Em dias assim sabe muito bem estar em casa.

 

 

A sorrir...

unnamed (8).jpg

Alex lá fora, trabalhadores do campo em casa.

Ainda fomos ao campo mas só para constatar o que já sabíamos: não íamos conseguir trabalhar.

Voltei para casa inspirada.

Fiz a mudança sazonal do closet e arrumei mais umas coisas em que andava a matutar.

Ganhei espaço de arrumação e menos um macaquinho no sotão a remoer...

Acho que só hoje ganhei noção que efectivamente já estamos no Outono.

Apetece a lareira.

Comida de pote e o cheiro pela casa.

Tons quentes por todo o lado..

A despedida do Verão pode custar, mas também se pode fazer a sorrir ...

 

 

Arrepio bom...

tumblr_nam8u7ceu81sspidvo1_400.png

Preguiça boa...

Espreguiçar na cama, sem o despertador a tocar, sem pressa, só disfrutar...

Começar o dia devagarinho....

A cheirar a café, com o cabelo despenteado até horas tardias, e sensualmente trajando o belo do pijama confortável..

Recarregar baterias para enfrentar a semana que aí vem..

Bom domingo , bom dia :)

 

O calor do teu abraço

original (7).jpg

Não te quero perder.

Não quero pensar num dia sem a tua parvoíce, sem a tua contundência, sem a tua tão típica provocaçãozinha..

Não quero imaginar o futuro sem as tuas gargalhadas.

Sem a tua segurança que por vezes parece arrogância mas depois dou-te troco e acabamos mais uma vez a rir...

Sem ti.

Escondo-me no calor do teu abraço. 

Enquanto me abraças parece que o Mundo volta a sua ordem, tudo fica bem melhor, a vida volta a saber bem...

Sei que preciso disso mas mais do que a necessidade, é realmente gostar.

E sim, acho que gosto de ti.

O dia a terminar...

original (1).jpg

E que dia.

Cheio de vistas bonitas, de gente simpática, de aconchego.

De sorrisos.

De muito mistolin e um gingado de ancas esquisito, ao som duma banda sonora que vai do rock indie ao perreo, mas que se lixe, a casa está mais bonita.

Agora preciso de limpar as ideias, mas aí não há mistolin que me valha.

Isto anda mau: duas entradas diretas para o arquivo morto, as duas hipóteses que tinha em aberto. Logo assim, tau.

Um, ficou assustado quando lhe pedi repeat da noite.

O outro abalou lá para terras gaulesas com a dita ex namorada que afinal ainda não é tão ex assim.

O badoo anda muito rasca até para o nível do badoo.

Mas pronto.

Valha-me uma boa noite de sono, bem dormida  e bem sonhada.

Até amanhã :)

 

O dia a começar

unnamed.jpg

Sábado de manhã e eu casa, a ver o dia amanhecer entre paredes, a ver a luz invadir os recantos aos poucos, sem pressas. The awakening, a palavra inglesa que é a minha preferida. A alvorada.

Tigela de leite e nestum no colo, casaco confortável, pijama e o gorro para esconder o cabelo meio desgrenhado. Sinto-me tão sexy como uma couve penca, mas a esta hora não se pede muito mais.

Há tempo, tenho tempo e o reconforto de hoje vai ser sobretudo isso: dona do meu tempo. Sem stresses. Sem cobranças.

Bom dia, mundo :)

Bom dia, sapo!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Shine and gloss

    17 Outubro, 2020

    Independentemente do teu humor ou estado de espírito... Põe uma roupa de que gostes. Dá (...)

  • Simple little wonders

    08 Outubro, 2020

    Roupa bonita. Flores. Uma boa banda sonora ao fundo... Crianças a brincar... E eu de mão (...)

  • A sorrir...

    02 Outubro, 2020

    Alex lá fora, trabalhadores do campo em casa. Ainda fomos ao campo mas só para constatar o (...)

  • O abominável

    28 Setembro, 2020

    Dei por mim com medo. Medo de um retrocesso. Medo que a luta de tantas seja em vão. Medo que (...)

  • As diferenças

    26 Setembro, 2020

    Começaram as dúvidas. Já me tinha apercebido de que faltava aqui qualquer coisa, um travo (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D