Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Complexos, parvoíce, sei lá

original (4).jpg

Já me cruzei com raparigas da minha geração e pensei: nunca vou ser como elas.

Isto ganha dimensão quando as ditas foram colegas de escola.

Com as outras, posso bem.

Ás vezes tenho complexos, por não andar tão bem arranjada, não ter o meu séquito de amigas. 

Outras vezes, penso no quão raro é ver uma mulher a fazer o meu trabalho, sem perder a feminilidade, a lidar com homens, a liderar homens e sendo respeitada. E sem ter ar de "aldeia", como têm as poucas colegas com que me vou cruzando por aí.

Não faço ideia de quanto custa a roupa na Primark mas sei e bem quanto custam umas botas Chiruca (são assim, o supra-sumo do calçado de trabalho).

Mas o complexozinho está cá...

E sei que os homens olham é para elas, femininas, arranjadas, bonitas.

:(

A tremenda insatisfação de estar só.

images (2).jpg

No outro dia dei por mim a fazer contas.

Passaram dois anos desde o fim do que tive mais parecido com um namoro.

Dois anos.

De noites bem passadas, memoráveis e que, em alguns casos tive mesmo pena de não passarem daí.

De uma liberdade incrível mas ao mesmo tempo solitária.

De um ganhar de atitude que doutro modo não me teria sido possível.

Perdi muito do pudor, aceitei o meu corpo e hoje em dia não tenho medo de assumir que me amo, acima de tudo.

Mas...

Falta a intimidade que a amizade não permite por bom senso.

Falta aquela troca de olhares, o toque como quem não quer a coisa.

Falta a cumplicidade.

O companheirismo.

Poder dar aso a tanta ideia romântica que ando a remoer.

E o melhor é ser gostada, ver apreciadas pequenas coisas que as vezes até nem se gosta.

Sim, trata-se de uma escolha que fiz, e prezo a minha liberdade e muito.

Mas...também custa estar só.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Em segredo

    27 Outubro, 2020

    Porquê... Porque é que a vida te leva para longe dos meus braços, a cada dia que amanhece? (...)

  • Atão, como é?

    16 Julho, 2020

    1_"sou homem peludo avantajado e procuro so rapariga de maior idade do alentejo para prazer (...)

  • Tu.

    14 Julho, 2020

    Deixas-me sem jeito. Tropeço nas palavras, nos meus próprios pés, na minha timidez. O (...)

  • E tu, e esse teu charme...

    15 Maio, 2020

    A facilidade com que me entrego a ti é irrisória. Não precisas de me tocar para te querer, (...)

  • Para o jeitoso do fim de semana passado, mais um q...

    12 Maio, 2020

    Passei boa parte da noite assim, a ver-te dormir, estudando-te os traços da fisionomia por (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub