Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Verdades que descobri ao morar sozinha

tumblr_o48k0tqddZ1r84j0io1_1280.jpg

Quanto menos sujar, menos tenho que limpar.

Batata palha é super versátil. Fica aqui a minha homenagem.

Provas de amor vindas sob forma de comida em tupperwares são as minhas preferidas. Chocolate engorda e quando muito só dão para sobremesa.

A vaidade passa quando somos nós a tratar de toda a roupa que sujamos. Veste-se o que está seco no estendal e pronto.

Sinto-me em casa quando me cheira a roupa lavada e a comida saborosa. É felicidade pura.

Manter o chão limpo é um desafio e tanto. Ter tapetes na entrada é uma boa ajuda para isso.

Meia tigela de arroz é jantar e marmita do trabalho.

Hamburgures são mais versáteis do que alguma vez imaginei.

A vitória

original (2).jpg

Dois anos desde que começou a aventura da carta.

8 meses desde o exame de código.

45 aulas de condução.

Um examinador benevolente, o mesmo no teórico e no prático.

A adrenalina que foi conduzir pela primeira vez em auto-estrada,acho que nunca mais me vou esquecer.

O Covid e os seus constrangimentos pelo meio.

A minha carta de condução foi uma epopeia mas...já está.

 

Ladys and gentlemans, a Mary é oficialmente encartada.

É pr'a comemorar! 

Sinto-me só...

woman-street-night.jpg

Vejo toda a gente a minha volta ocupada com as suas vidas e nem consigo sequer desabafar.

Funciono muito por instinto e noto logo quando as pessoas estão enfastiadas com a conversa.

Por isso evito falar.

Por isso tento fazer rir para não choramingar, tento pôr todos ao meu redor um um pouco melhor tentando tirar reconforto daí também.

Sou orgulhosa demais para ligar a mãe a pedir colo e ao pai a pedir um pouco da força que lhe é tão característica. Só para não os ouvir dizer: eu avisei.

Não me arrependo de ter saído de casa. Nem por um bocadinho. Mas há situações em que somos realmente postos a prova e olha agora a vida a testar-me e que teste bem duro...

Dei conta da minha imaturidade em tanta coisa...

Afinal não sou tão forte assim..

Afinal a solidão também me custa, também choro mais ou menos abertamente, também tenho momentos bons por entre a estadia na fossa, também sou humana...

Afinal crescer não é tão fácil como julgava. E eu que tinha tanta pressa de ter 18 anos....

Aproveitar as ilusões, não é?...

Lar, doce lar.

57337d05ddbc67e568181b449c0a2c8b.jpg

6 meses a morar sozinha.

A casa não está imaculadamente limpa, está limpa, arejada, airosa e a energia é boa cá dentro.

Está-se bem aqui.

Tenho conforto, tenho liberdade.

Tenho sossego.

O meu espaço, a minha tralha.

O meu refúgio.

Esperei muito por isto, e achei que nunca ia ter coragem para dar o passo.

Mas fui.

Empurrada por uns quantos incentivadores, pessoas a quem só tenho a agradecer pela motivação que deram e continuam a dar.

A almejada casinha, perto do centro, num sítio até movimentado como eu queria.

Com varanda e um alpendre.

Sabe tão bem poder dizer...

O sonho tornou-se real.

 

Nunca fui a praia.

Primeiro dia de verão :)

21cf03d7f1ec26dfae5fac5624fc38b8.jpg

É a meta para este ano, sem olhar ao tamanho do biquini. Ir pela primeira vez a praia. Para quem achar estranha esta situação, basta ter noção da realidade do interior. Aqui ir de férias é um luxo, o mar fica muito longe, e as férias a que se tem direito no emprego usam-se para fazer as colheitas da azeitona, da amêndoa e até mesmo da vindima. Em muitos casos, é pelo dinheiro extra que entra, outros é pela disponibilidade para se aproveitar o que se tem. Mas este ano, dada a saída de casa dos meus pais e a curiosidade que tenho, e tempo também vou ter de certeza....este ano vou finalmente a uma praia de mar!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Shine and gloss

    17 Outubro, 2020

    Independentemente do teu humor ou estado de espírito... Põe uma roupa de que gostes. Dá (...)

  • Simple little wonders

    08 Outubro, 2020

    Roupa bonita. Flores. Uma boa banda sonora ao fundo... Crianças a brincar... E eu de mão (...)

  • A sorrir...

    02 Outubro, 2020

    Alex lá fora, trabalhadores do campo em casa. Ainda fomos ao campo mas só para constatar o (...)

  • O abominável

    28 Setembro, 2020

    Dei por mim com medo. Medo de um retrocesso. Medo que a luta de tantas seja em vão. Medo que (...)

  • As diferenças

    26 Setembro, 2020

    Começaram as dúvidas. Já me tinha apercebido de que faltava aqui qualquer coisa, um travo (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D