Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

O tormento

transferir (3).jpg

Mais um incêndio. 

A paisagem noturna ontem era assustadora.

Duas linhas de fogo, mais a que não se vislumbrava do lado de cá, por sinal, a maior.

Toda a gente em pânico.

Toda a gente perdeu haveres para o fogo.

O ar era irrespirável, logo pela manhã. Em conjunto com o calor, tornava o trabalho quase um sacrifício.

Não se via mais do que 200 metros a nossa frente. Vários reacendimentos.

Não sei o porquê, sei que raro é o ano em que uma das fragadas que delimitam o vale, arde. E lá volta a repetir-se o tormento e sobretudo, lá volta o luto a paisagem.

Gostava de perguntar a quem ateia fogos, o porquê.

Não entendo.

Trabalhar na natureza tem-me feito entendê-la, e cada vez mais, respeitá-la.

Devia ser mentalidade geral. 

Todos respiramos o mesmo ar. É não esquecer isso.

Foz Côa, Vila Nova de

Rock_Art_Foz_Coa_01.jpg

E uma visita as gravuras este fim de semana?

E uma ida ao museu, que só pela vista que se tem de lá vale e bem a ida.

Para descansar, existem várias esplanadas na Rua Principal bem simpáticas. Com o calor que é tão característico de lá, não se vão arrepender.

Continuando no concelho, e seguindo a mítica EN222, Freixo de Numão é ponto também a visitar. Além do núcleo da vila, existem as Ruínas do Prazo e o castelo.

https://www.natgeo.pt/historia/2020/02/ruinas-do-prazo-machu-picchu-de-portugal

Dado o contexto pandémico em que vivemos, vale a pena vir descobrir estes recantos tão bonitos e tão esquecidos!

Bons passeios!

 

Mary goes to...

Miradouro e capela de Nossa Senhora da Veiga, Cortes da Veiga/Pocinho

818206.jpg

A capela

04_Pocinho_e_Cortes_da_Veiga_By_Branquinho_Pinto.j

A vista

Parte das minhas origens maternas são desta zona, no concelho de Vila Nova de Foz Côa, que vale e bem a visita.

Seguindo a estrada em direcção ás Cortes da Veiga, sugiro uma visita a Quinta de Vale Meão, quinta histórica do Douro e outrora pertencente á Ferreirinha, onde o vinho é ótimo e a simpatia de quem recebe é única.

No Pocinho, o Mário tem todo o gosto em vos receber no restaurante Gaveto. Vale a pena atravessar a estrada e disfrutar da vista para o rio.

Recomendo este passeio de manhã, porque esta zona é uma espécie de Alentejo no que toca a calor!

Bons passeios!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Shine and gloss

    17 Outubro, 2020

    Independentemente do teu humor ou estado de espírito... Põe uma roupa de que gostes. Dá (...)

  • Simple little wonders

    08 Outubro, 2020

    Roupa bonita. Flores. Uma boa banda sonora ao fundo... Crianças a brincar... E eu de mão (...)

  • A sorrir...

    02 Outubro, 2020

    Alex lá fora, trabalhadores do campo em casa. Ainda fomos ao campo mas só para constatar o (...)

  • O abominável

    28 Setembro, 2020

    Dei por mim com medo. Medo de um retrocesso. Medo que a luta de tantas seja em vão. Medo que (...)

  • As diferenças

    26 Setembro, 2020

    Começaram as dúvidas. Já me tinha apercebido de que faltava aqui qualquer coisa, um travo (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D