Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

A sexshop

Mary, 10.08.20

produtos-de-sexshop-macho-de-verdade-6.png

Indiferente a quem eventualmente me pudesse ver, entrei.

Olhar para aquelas prateleiras deu-me tantas ideias...

Há um date para breve e não me apetece ficar celibatária.

Lá porque não era grande coisa na cama contigo, não significa que queira ser sempre assim.

Também não eras nada por aí além...

Mas este morenaço, amigo do amigo, que mal vi mas deixou vontade de mais, merece o meu esforço...

Pensei em algemas...

Ou talvez sentir o power duma dominatrix, toda eu de cabedal...

Pensei na clássica gabardine e na bota de cano alto mas tá calor...

Ou um inocente vestido justo , sem lingerie por baixo...

Até que surgiu a ideia perfeita...

Lingerie comestível.

Experimentei e  não tive dúvidas. Perfeito.

Por um momento, voltaste ao pensamento....

Pensei em como teriam sido bem melhores as nossas noites com tanta coisa daquela lojinha..

Como ficarias ao ver-me de tanga de rebuçados e um tapa-mamilos com sabor a morango?

Não importa...

Bora pôr o morenaço pelo beicinho...!

 

 

Conforma-te...

Para ler com bom humor, pois foi com bom humor que foi escrito!

Mary, 30.07.20

9fb52e5defdbe6ec1e55afe169a53d78.jpg

Vais ficar para tia, dizem elas.

Com o teu trabalho e com o teu feitio, nem esse teu sinal te salva.

Os homens gostam de mulheres prendadas, com as unhas arranjadas, com um emprego normal, de boas famílias...

Os homens gostam de bom sexo, de mulheres desinibidas, que os façam pensar que mandam.

Tu és muito brava....ameaças com uma chapada só porque te deu "aquela" palmada.

Vou ficar para tia, digo-lhes a rir.

Vou provar á minha sobrinha que somos mais mulheres quando somos poderosas, e não ao lado de um imbecil qualquer.

Tenho mau feitio e tenho um trabalho que adoro e tenho plena noção de que é duro.

Sou independente.

Liberdade é outro assunto. Livre tanto quanto a essência me permite ser.

Sou descendente de terroristas, melhor boa família é impossível.

Não tenho as nails feitas, não sou grande coisa no sexo.

Sim sou brava e tenho orgulho a brava por ser assim.

Pretendentes vão havendo e quem os usa sou eu.

Tia? Libertina, dona e senhora de mim.

 

O decote.

Mary, 30.07.20

f92c0063aa2db3b8d38818d06201b222.jpg

Há sempre aquele dia...

Em que a confiança não está nas altas, ou que pelo contrário, sintimo-nos sexys a valer.

E experimentamos aquela blusa decotada, ou o vestido " ai eu não gosto de decotes..." 

E depois....

Vê-se ao espelho, adora, compra, usa e arrasa.

E manda a ideia pré-concebida para aquela parte.

Ganha confiança.

Começa a gostar do peito, que até achava pequeno, que tentava "aumentar" com soutiens almofadados e em dias de maior tristeza chegou a pensar em pôr silicone...

Sobretudo, perdeu a vergonha.

Ainda há preconceito sobre o uso de decotes, uns mais pronunciados do que outros, uns de melhor gosto do que outros..

Mas se cada uma de nós mostra o que é seu, o que é que os outros têm a ver com isso?

Bota sensualidade, que insossa nem a comida, quanto mais uma mulher!

Invejosas.... 

 

E esta noite...

Mary, 08.06.20

dd7ac2c67939d959412dd9494a333646.jpg

Vem ter comigo.

Espero por ti na janela, debruçada para que possas ter um vislumbre de onde te poderás perder.

Pouco vestida, bem perfumada, armada de um certo ar fatal...

Munida de charme para te desarmar, de despudor para não te conteres, e toda ouvidos para te ouvir dizer...

Que me queres.

Assim, despenteada, suada, por baixo de ti ou a galopar, a pedir mais, entre beijos e carinhos, os meus dedos no teu cabelo, a minha volúpia colada a tua pele, e o meu corpo que é tão mais teu...

Cada vez me sinto mais rendida a ti.

E esta noite quero ter-te aqui.

Ver-te dormir, poder-me aconchegar, mesmo que vás quando o sol amanhecer, esta noite...

vem ter comigo.