Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Em segredo

tumblr_2541ee537164fcc75012cb05232defe8_e19f17aa_1

Porquê...

Porque é que a vida te leva para longe dos meus braços, a cada dia que amanhece?

Não podemos ficar naquelas boas figuras em que estamos quando o despertador toca?

O desejo gosta de se adiantar e acorda-nos antes da hora para termos tempo até a hora, para maldizermos a hora, para adiarmos por mais 5 minutos o inadiável...

Não sei quem deseja mais quem, ele provoca e eu deliro, quando sou eu a querer ele parece que pressinte..

Acabamos sempre a gargalhada. Ele ainda tem tanto de menino, tão terno, tão apaixonado, tão quente..

E eu cada vez mais rendida, não questiono, vivo, dou-me.

Ele sorri. De cada vez que está comigo o olhar brilha tanto..

A minha cama já não faz sentido sem a chamar de nossa.

A tua pele colada na minha é aquela sensação doutro mundo.

Mas o tempo não pára nestes momentos. Bem queremos mas...

Somos tão felizes em segredo, nesse enredo feito entre lençóis, noite após noite.

Espero que não tenha final tão cedo.

 

Insatisfeita...

6ccd10569c47752fb6866405225d8f5e.jpg

Já perdi a conta a quantas vezes repeti o discurso..

Não procuro nada casual...

Sou da zona de Bragança..

Sim eu sei que é longe mas as mulheres da parvónia também são mulheres e quando na terra não há de jeito, procura-se fora!

Não, não tenho taras esquesitas, sou romântica e só isso já é esquesito para os padrões atuais, um nada demodé...

Não não quero apreciar o belo do chouriço que tens guardado nas calças, se é tão especial como tu, não é nada de especial..

Que procuro por aqui nem eu sei, acabo por ter conversas até agradáveis e por isso vou ficando..

O mais parecido que há nos sites de engate a um príncepe encantado é gente igual aos cascos do cavalo dele..

A incoêrencia das fotos...sou simpático numa foto em que o semblante é fechado...

Sigo feito vadia, libertina, outsider num mundo ousado, onde abunda azeite, gente sem gosto até para óculos de sol...

Insatisfeita..

A realidade

o-woman-in-bed-awake-facebook.jpg

Meia-noite.

Eu e a cama, e o desejo de ti..

E a vergonha de o sentir, o corpo a pedir..

Devo?

O humedecimento da calcinha encoraja, mas o pudor..

Estou só, e custa tanto esta solidão..

Fecho os olhos e deixo a mão deslizar.

Movimentos lentos, circulares e daí a nada o clítoris fica no ponto..

A outra mão percorre os seios, brinca com os mamilos..

Desconhecia a suavidade da minha própria pele.

O charco virou lago....estava eu com vergonha de quê?

É o meu corpo, as minhas curvas, o meu desejo e mais do que isso, a minha satisfação.

Deixo escapar uns gemidos baixinhos, a sensação é de outro mundo, perdida de desejo e ensopada em suor e não só, isto é tão bom..

Atinjo o clímax.

Recupero o fôlego, descanso por momentos...

Banho morno na pele em brasa, para revigorar...

Sento-me á janela, meio despida, meio coberta com a toalha.

Olho feito marota para quem passa..

Mal eles sabem o que andam a perder.

Porque te quero.

68747470733a2f2f73332e616d617a6f6e6177732e636f6d2f

Chamo por ti baixinho, na penumbra da noite, a ver se o vento te traz até mim..

Onde estás?

Procuro o teu cheiro nas roupas que já amarrotaste, as tuas mãos algures nas minhas curvas, as marcas do teu corpo na minha cama...

Não sei onde te perdeste mas sei que já não te sinto tão perto.

Não sei se ainda me queres mas sei o quanto anseio por ti.

Sei o quanto te quero ter aqui.

A suar em bica, alheado do mundo e perdido nas minhas curvas, a gemer-me ao ouvido, a levar-me ao delírio, a irmos...

A voltar e a repetir a viagem as vezes que nos apetecer, até ao amanhecer, depois a vida leva-te para longe e eu continuo a sentir-te perto..

Sinto que estás perto, mas não colado a mim.

Anda cá..

 

 

Rústica, provinciana e com mau feitio

6220e22a1fbb4832cccc775af00d0810.jpg

Os homens são muito parvinhos...

Pensam que basta aquele "oi linda" e já estamos no papo...

E as falinhas mansas? Deviam fazer um valente update porque já conhecemos as frases de trás para a frente...

Nós, as visadas, só temos vontade de rir.

Nós mulheres, sabemos que todo o galanteio vai dar a sexo. Uma coisa é romantismo, outra coisa é piroseira. Uma coisa é ser cavalheiro, outra coisa é ser javardo e azeiteiro.

Para se conquistar, também é preciso saber.

E calma, já não há a ilusão do príncepe encantado. Ter um homem por uma noite já não é drama nenhum.

Se para vós one night stand é desporto, para nós é currículo.

Se a um homem dá gosto comer e despachar fulana, a mulher nem se lembra da cara do gajo..

Ser engatada até é fixe mas...melhorem um bocadinho a técnica tá?

Mais pimenta e menos azeite!

Conforma-te...

Para ler com bom humor, pois foi com bom humor que foi escrito!

9fb52e5defdbe6ec1e55afe169a53d78.jpg

Vais ficar para tia, dizem elas.

Com o teu trabalho e com o teu feitio, nem esse teu sinal te salva.

Os homens gostam de mulheres prendadas, com as unhas arranjadas, com um emprego normal, de boas famílias...

Os homens gostam de bom sexo, de mulheres desinibidas, que os façam pensar que mandam.

Tu és muito brava....ameaças com uma chapada só porque te deu "aquela" palmada.

Vou ficar para tia, digo-lhes a rir.

Vou provar á minha sobrinha que somos mais mulheres quando somos poderosas, e não ao lado de um imbecil qualquer.

Tenho mau feitio e tenho um trabalho que adoro e tenho plena noção de que é duro.

Sou independente.

Liberdade é outro assunto. Livre tanto quanto a essência me permite ser.

Sou descendente de terroristas, melhor boa família é impossível.

Não tenho as nails feitas, não sou grande coisa no sexo.

Sim sou brava e tenho orgulho a brava por ser assim.

Pretendentes vão havendo e quem os usa sou eu.

Tia? Libertina, dona e senhora de mim.

 

O decote.

f92c0063aa2db3b8d38818d06201b222.jpg

Há sempre aquele dia...

Em que a confiança não está nas altas, ou que pelo contrário, sintimo-nos sexys a valer.

E experimentamos aquela blusa decotada, ou o vestido " ai eu não gosto de decotes..." 

E depois....

Vê-se ao espelho, adora, compra, usa e arrasa.

E manda a ideia pré-concebida para aquela parte.

Ganha confiança.

Começa a gostar do peito, que até achava pequeno, que tentava "aumentar" com soutiens almofadados e em dias de maior tristeza chegou a pensar em pôr silicone...

Sobretudo, perdeu a vergonha.

Ainda há preconceito sobre o uso de decotes, uns mais pronunciados do que outros, uns de melhor gosto do que outros..

Mas se cada uma de nós mostra o que é seu, o que é que os outros têm a ver com isso?

Bota sensualidade, que insossa nem a comida, quanto mais uma mulher!

Invejosas.... 

 

Pausa para cafuné

438da0ca470d2170e7df4d8a051fda8e.jpg

Depois do clímax, do apogeu de tanta diabrura, de te perderes feito insaciável nas minhas curvas, acalmas.

O teu olhar reluz, o teu corpo sua, o teu cabelo está em desalinho. 

Fiz um bom trabalho.

E por muito que me queira aproximar, esconder-me nos teus braços, enebriar-me no teu cheiro, resisto e contemplo-te.

Assim, como se aprecia arte. 

A simetria perfeita do teu rosto, os teus braços, o teu peito. O colo, o membro, as pernas vigorosas. Tu.

Perfeito, malandro, assanhado, rebelde.

Olhas-me de soslaio e sorris.

Cedo finalmente e abraço-te, mordisco-te o lábio. 

Beijas-me languidamente, as mãos recomeçam a percorrer-me, nem pensar em resistir-te.

Em que round é que íamos?

 

E uma banda sonora para acompanhar a leitura...

https://www.youtube.com/watch?v=3vmj_wTU-zw

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Já tenho cebolas!

    31 Outubro, 2020

    Já tenho cebolas, uma casa, carta de condução e um amor verdadeiro. Por isso é altura de (...)

  • Ancestrais

    31 Outubro, 2020

    Tenho ascendência africana, pelo lado materno. Não nasci com carapinha como a minha tia e (...)

  • O amor nos anúncios

    27 Outubro, 2020

    Nos anúncios há... Gente incoerente: " SENHO CASADO MUITO SERIO GOSTAVAT DE TER UMA AMIZADE (...)

  • Em segredo

    27 Outubro, 2020

    Porquê... Porque é que a vida te leva para longe dos meus braços, a cada dia que amanhece? (...)

  • Para o jeitoso do fim de semana passado, mais um q...

    12 Maio, 2020

    Passei boa parte da noite assim, a ver-te dormir, estudando-te os traços da fisionomia por (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D