Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Já tenho cebolas!

Uma nova fase da vida, um velho amor.

Também faço asneiras

original (9).jpg

Acendo o cigarro.

Sinto o travo da nicotina mentolada na boca.

Os camel já não tem a bolinha para rebentar, uma treta...

Olho a vista da minha varanda, é bonita.

Nunca me hei-de esquecer das vezes que passei nas aulas de condução por certos lugares que vejo de cá. Recordações de sempre..

A vindima que já rola, a logística envolvida nesta altura, o autêntico corropio de gente nas vinhas. A verdadeira festa das colheitas é agora.

É nisto que estou focada agora.

Vou trabalhar num sítio incrível, com uma equipa bi-nacional, três culturas diferentes. 

Senhora capataz ao serviço :)

Depois há a vida pessoal, que nestas alturas fica um bocadinho para trás sem lamentos.

Não vos consigo explicar a euforia que são as vindimas para mim, mas é todo um ano inteiro a preparar a vinha para isto, a cuidar das cepas e das uvas, ter os terrenos o melhor possível para o pessoal poder trabalhar..

O cigarro já vai quase no fim.

Tenho um nó no estômago já a dois dias.

Dei por mim a fugir de algo que parecia promissor...

Tenho sido cobarde.

Nem sempre as surpresas da vida vem na melhor altura.

Noutra altura, tinha sido perfeito.

Nesta...longe disso.

Também faço asneira, mas sou livre de não querer o já quis.

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais visitados

  • Shine and gloss

    17 Outubro, 2020

    Independentemente do teu humor ou estado de espírito... Põe uma roupa de que gostes. Dá (...)

  • Simple little wonders

    08 Outubro, 2020

    Roupa bonita. Flores. Uma boa banda sonora ao fundo... Crianças a brincar... E eu de mão (...)

  • A sorrir...

    02 Outubro, 2020

    Alex lá fora, trabalhadores do campo em casa. Ainda fomos ao campo mas só para constatar o (...)

  • O abominável

    28 Setembro, 2020

    Dei por mim com medo. Medo de um retrocesso. Medo que a luta de tantas seja em vão. Medo que (...)

  • As diferenças

    26 Setembro, 2020

    Começaram as dúvidas. Já me tinha apercebido de que faltava aqui qualquer coisa, um travo (...)

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D